E maravilhei-me com a nossa longa e complexa história humana, a nossa evolução até à postura erecta e cérebros do tamanho de cachos de uva, a nossa descoberta do fogo e ritos fúnebres, o nosso desenvolvimento da linguagem e rituais e dança, as nossas pinturas rupestres, a nossa invenção de utensílios e agricultura e ourivesaria, as nossas belas culturas materialistas, as nossa cidades antigas, os nossos aquedutos e teares e calendários solares, as nossas maquetas do universo, a nossa invenção do telescópio, a nossa descoberta do cálculo, os nossos balões a hélio e máquinas a vapor e estações espaciais e computadores, e com o labirinto de organizações mentais e psicológicas que seguiram ou precederam estas fases evolutivas do passado, tudo para chegarmos a isto, a escovas de dentes dos 101 Dálmatas e meias que servem de chinelos e calendários de Gatos ao sol e caixas de bonecos falantes com a cara do Michael Jordan.

John Vernon, Um Livro de Razões
título original: A Book of Reasons
tradutor: Tânia Ganho
editor: Cí­rculo de Leitores, Navarra, Espanha, Abr. 2001
isbn: 972-42-2461-9
citação: páginas 20 e 21

/Tags: , , , , , , , , ,
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

© 1999.2017 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
%d bloggers like this: