bênçãos roubadas

11 Mar
11 Março, 2008

As galinhas é que põem ovos, não são as gajas. Essas têm bebés.
– E donde raio achas tu que vêm os bebés? – riposta Solly. – Se calhar é a cegonha que os traz, não? O bebé forma-se num ovo, não é Nick?
– Correcto. Cada mulher produz um óvulo. Não é um ovo como o das galinhas, com casca e tudo, é uma coisinha tão minúscula que se agora estivesse aqui em cima da mesa nós não o víamos. Bem, a mulher é fornicada, e, quando o homem se vem, o seu esperma está cheio de muitos mi­lhões de espermatozóides, que parecem girinos. Basta que um destes girinos entre no óvulo da mulher e, bingo., aí temos nós um bebé. Mas o problema é que há muitas mu­lheres que não conseguem produzir esse óvulo; talvez por doença ou por terem a canalização enferrujada … Mas que­rem ter um filho. Então, o que é que fazem? Pedem um óvulo emprestado a uma amiga. Bom, talvez não seja bem emprestado, porque esse óvulo nunca mais será devolvido. Uma amiga dá-lhe um óvulo ou, então, compram-no a uma profissional.
– Cum diabo. – exclama Solly. – Queres tu dizer que há mulheres que ganham a vida a vender os seus ovos?
– Não, por enquanto ainda não, mas são capazes de arranjar um dinheirinho, para aí uns quinhentos dólares, vendendo os seus óvulos a uma mulher que queira ter um filho. Então, o que se faz é o seguinte: o marido desta mu­lher vem-se dentro de uma proveta, combina-se quimica­mente o esperma do tipo com o óvulo que foi doado e, quando o bebé, que é mais pequeno que uma cabeça de al­finete, começa a formar-se, enfia-se lá para dentro e a mu­lher fica grávida. Que tal?
Dumbo sacode a cabeça.
– Continuo a não perceber. Sei quem é o pai, é o gajo da proveta, mas, quem é a mãe?.
– Bom, na verdade, a criança vai ter duas mães: a que doou o óvulo e a que a deu à luz. Mas esse problema não é teu. Vamos facturar a sério com estes óvulos, quando os raptarmos e pedirmos o resgate. Os ovos mais famosos do mundo. Já pensei em tudo e não vai falhar. Vamos ganhar uma fortuna.

Lawrence Sanders [1920-1998] que editou o seu primeiro livro com 50 anos sabe convencer e provocar.
Aconselho vivamente a sua leitura. Assim, quem quiser ler alguns dos seus livros editados em Portugal pode obter dois no site da Editora Livros do Brasil – A Estatueta Fatal e Os Crimes de Panda e Bambu – os outros editados pelo Círculo de Leitores podem ser adquiridos, possivelmente, em algum alfarrabista.


Lawrence Sanders, Bênçãos Roubadas
título original: Stolen Blessings
tradução: Lucinda Santos Silva
editor: Círculo de Leitores, Ago. 1991
citação: página 10
isbn: 972-42-0287-9

Tags: , , , , , , , ,
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

© 1999.2017 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
%d bloggers like this: