a sabedoria dos mortos

09 Jun
9 Junho, 2009

Várias vezes lhe disse, meu caro Watson, que quando se elimina o impossível, o que resta, por mais improvável que seja, é a verdade. Mas… o que acontece quando não se pode eliminar o impossível?

Esta é a premissa para três histórias fantásticas de Sherlock Holmes escritas por Rodolfo Martinez.

Rodolfo Martinez não se limitou a recrear o mundo de Sherlock Holmes. Ele consegue ir muito mais longe e de forma convincente.
Como muito bem explica o tradutor português, José Manuel Lopes:

Sherlock Holmes e a Sabedoria dos Mortos, consiste na tradução fictícia de um série de três textos, do inglês para o castelhano(…) O interessante , porem, neste caso, é que o romance revela o seu ficcional palimpsesto. Quero dizer, apesar de ter sido originalmente escrito em castelhano apresenta toda uma série de marcas que nos fazem “acreditar”, à medida que vamos lendo, que se trata efectivamente de uma tradução feita a partir do inglês.[1]

As primeiras duas histórias,

  • A Sabedoria dos Mortos
  • Desde a Terra Mais Além do Bosque

têm um toque de irreal e do imaginário. A primeira história é sobre o roubo do famoso e misterioso Necronomicon. Na outra aventura Sherlock Holmes enfrenta Drácula em parceria com Van Helsing e o Dr. John Seward.

“A Aventura do Assassino Fingido”, o último caso, é uma história tradicional de Sherlock Holmes.

De uma maneira geral gostei bastante do que li.


[1] A Sabedoria dos Mortos, Rodolfo Martinez
Editora “Saída de Emergência”, colecção Bang!, 2006, pág. 253

Tags: , , , ,
1 reply

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] da Lógica” (1910) – escrito por Gustaf Adolf Bergström e o excelente livro “A Sabedoria dos Mortos” por Rodolfo […]

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

%d bloggers like this: