os prazeres do ócio

13 Mai
13 Maio, 2010

Os primeiros 3 capítulos (“Acordar é Difícil”, “Labor e Dor” e “Dormir Demasiado”) são para mim de longe os mais perversamente divertidos.

Os restantes capítulos longe de serem divertidos são assustadoramente relevadores do como chegamos a esta sociedade escrava do trabalho.

“Os Prazeres do Ócio” é um livro interessante e suficientemente divertido para ter sido lido. Não deixa de ser perturbador descobrir “24 horas, 24 maneiras de não fazer nada” e o quanto é dificílimo conseguir de forma relaxada não fazer nada.

Tags: , , ,
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

© 1999.2017 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
%d bloggers like this: