a origem

12 Set
12 Setembro, 2010

Em poucas palavras posso dizer que é um filme brutal de Christopher Nolan, o mesmo realizador de Memento. Está bem realizado e com um elenco que se movimenta na perfeição. A banda sonora de Hans Zimmer assenta que nem uma luva.

Apesar de se alguém entender que pode ser comparado a Matrix isso seria redutor: Matrix é o que é, Inception vale por si. Matrix trouxe algo de novo ao cinema, Inception não traz nada – não deixa de ser como referi um filme “brutal“, mas aqui deve ser entendido pelo conjunto: direcção, actores, história, música e por um grandioso mind twist. E porque não relembrar, já agora, por comparação?, o “The Thirteenth Floor”, “The Machinist”, “The Jacket” e até “Shutter Island”.

Inception é um filme que nos cola ao assento. Se é original ou não a história isso para mim é irrelevante – o que me interessa é a forma como me é oferecida visualmente.

Tags: , , , , , , , , ,
3 replies
  1. Paxo says:

    Antes de mais; ainda não vi.
    Está contudo na lista de filmes para ver, logo a seguir aos filmes do Guy Richie (que posso dizer …. vi “acidentalmente” o Lock Stock and Two Smoking Barrels novamente, e tive obrigatoriamente, como como se de um mau vício se tratasse, de ir buscar outros ao meu “clube de vídeo” de eleição).
    Voltando ao assunto, vi o trailer, fiquei com o bichinho, irei ver brevemente e então, munido de argumentos válidos irei fazer um comentário merecedor do tópico.

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

© 1999.2017 porta VIII. todos os direitos reservados. alimentado pelo wordpress | alojamento por oitava esfera
%d bloggers like this: