eu e uma tattoo

22 Set
22 Setembro, 2010

tattoo, fase um

Ontem foi a minha vez de me colocar nas agulhas de Marco Martins (no mês anterior foi a minha irmã que se ofereceu uma nova tatuagem no pulso).

Fui sempre com a ideia de que me ia doer um pouco; apesar da minha tattoo anterior não me ter doído nada, excepto numa parte; ou recalquei a dor para ficar com a ideia de que não doeu – é uma ideia.

Desta vez doeu como ó caralho. Deve ser a idade? ou do local em que decidi colocar a tatuagem.

tattoo, fase dois

Se soubesse que doía tanto não seria isso que me negava uma nova tatuagem, mas ao menos ia mentalmente anestesiado.

O Marco logo no início da sessão tenha dito que ia doer, mas o tipo é um brincalhão. Pensei que era piada de tatuador. E o que é “doer”? É tão subjectivo!

tattoo, fase três

Doeu.
Não o suficiente para me arrepender. Não o suficiente para não pensar fazer outra. E, ainda, aproveitei para colocar os olhos dos três corvos da minha primeira tatuagem de vermelho – ficaram mais diabólicos.
O branco com que tinham sido pintados anteriormente não tinham estilo e muito menos piada.

tattoo, fase final

Recomendo o Marco Martins para a vossas tatuagens. E se ele disser que vai doer não acreditem… ele é um brincalhão.
E o que custa fazer uma tatuagem a ouvir uma música para relaxar? Nada, pois! A “dor” é tão nossa, tão subjectiva. Mas nada como experimentar…

corvos

corvos com os olhos de vermelho

Tags: , , , ,
4 replies
  1. João says:

    Agora és oficialmente membro dos Cavaleiros da Roda de Fogo… xD

    Responder
  2. Bongop says:

    LoL
    Essa é uma tatuagem complicada, e nesse sítio doi de certeza!
    😀

    Abraço

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

deixar uma resposta

%d bloggers like this: